História

retiro_550x188_historia

Uma reserva natural de qualidade de vida.

O Retiro do Chalé tem suas raízes na antiga fazenda conhecida como Bragas e Córrego do Ferreiro. Hoje o Retiro é a ampliação dessa fazenda, com novas áreas adquiridas que multiplicaram seu capital ecológico. Com isso a região tornou-se uma das últimas reservas naturais que abrigam cerrado e mata atlântica em Minas. A planta do Retiro do Chalé foi aprovada pela Prefeitura de Brumadinho em 1980. E, dois anos depois, realizou-se a primeira Assembléia Geral Ordinária para criação e aprovação da Convenção do Condomínio.

:: Foi assim que o sonho de alguns tornou-se um sonho compartilhado.

Os primeiros administradores do Retiro do Chalé, também condôminos, investiram em sonhos. E muitos deles aconteceram. O que era uma estradinha de terra virou um acesso asfaltado e mais seguro. Surgiram 31 alamedas e 2 avenidas sinalizadas. Dezenas de famílias fizeram casas. Nasceu o complexo social do Clube com destaque para a Cachoeira do Valente. Foram construídos reservatórios de água. A Lagoa recebeu cuidados especiais e ganhou a companhia do Lago Sul. Depois veio o Jardim Botânico, a Sede Administrativa e muitas outras benfeitorias sob o olhar abençoado da Capela Ecumênica que, no centro do Retiro, abraça todas as crenças.

:: E o sonho continua…

Quando o objetivo é caminhar em direção a uma vida cada vez melhor, pensada com os cuidados de um desenvolvimento sustentável, há sempre muito pra ser feito. E o Retiro do Chalé vem modernizando seus recursos na busca de aprimorar o equilíbrio entre convivência humana e meio ambiente, além de investir sempre em segurança para garantir à região uma cultura de paz.